Show simple item record

dc.creatorMartins Ribeiro, Wander
dc.creatorCosta Campos, Julio Cesar
dc.creatorTibiriça, Álvaro M. Bigonha
dc.creatorPereira Rosa, Henrique Marcio
dc.creatorFernandes Brito, Rogério
dc.creatorCasanova Treto, Pedro
dc.date.accessioned2017-08-09T21:06:30Z
dc.date.available2017-08-09T21:06:30Z
dc.date.issued2015-04
dc.identifier.citationhttp://www.proceedings.blucher.com.br/article-details/11933es_ES
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10669/72953
dc.description.abstractA análise numérica tem se tornado uma ferramenta essencial nas etapas do desenvolvimento de um projeto devido a sua capacidade de solução para fenômenos físicos descritos por leis de difícil solução analítica, economizando tempo e dinheiro, uma vez que um número muito menor de protótipos será construído até a obtenção do resultado final. Para tanto, deve-se encontrar uma malha ideal de forma que esta possibilite o resultado mais próximo possível da realidade, com o mínimo de esforço computacional. O objetivo é o estudo do aerofólio S809 bastante empregado em aerogeradores. A metodologia empregada será a determinação de uma malha estruturada ideal para simulações em diversas condições de operação dos rotores desses equipamentos. Será observado alguns aspectos importantes, como o número mínimo de elementos necessários, o refinamento próximo à superfície do aerofólio, isto é, o tamanho inicial e a relação de crescimento dos elementos nesta região, de maneira a obter a melhor representação dos efeitos de camada limite e o fenômeno da turbulência, assim como, o tamanho mínimo necessário do domínio a ser discretizado, de forma que este não influencie nos resultados das simulações. Desta forma, aplicando-se o aumento gradativo do número de elementos bem como a diminuição da relação de crescimento destes ao redor do aerofólio nas malhas construídas pelo software ICEM® e realizando simulações através do FLUENT®, espera-se a convergência dos resultados obtidos para os coeficientes de arrasto e de sustentação a partir de um determinado número de elementos da malha, sendo desnecessário qualquer tipo de acréscimo no refinamento local ou global, uma vez que isto apenas aumentaria o esforço computacional e não mais influenciaria nos resultados. Além disso, deve ser observado que as equações de momento, energia e da continuidade devem atender ao erro mínimo exigido. Assim, esta malha representaria o caso ideal desejadoes_ES
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Viçosa//UFV/Brasiles_ES
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais//FAPEMIG/Brasiles_ES
dc.language.isopt_BRes_ES
dc.sourceCongresso Nacional de Matemática Aplicada à Indústria; Volumen 1, Número 1. 2015es_ES
dc.subjectAnálise numéricaes_ES
dc.subjectAerofólio S809es_ES
dc.subjectMalha estruturadaes_ES
dc.subjectFluentes_ES
dc.subjectNumerical analysises_ES
dc.subjectAirfoil S809es_ES
dc.subjectStructured meshes_ES
dc.subjectFluentes_ES
dc.titleUtilização de uma malha estruturada na análise do aerofólio s809es_ES
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/conferenceObjectes_ES
dc.typeObjeto de conferenciaes_ES
dc.identifier.doi10.5151/mathpro-cnmai-0083
dc.description.procedenceUCR::Vicerrectoría de Investigación::Unidades de Investigación::Ingeniería::Instituto Investigaciones en Ingeniería (INII)es_ES


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record